Notícias

No Sisu 2019, a nota mínima para passar em medicina sem cotas foi 769,73

image

Por Gessyca Rocha*, G1 — São Paulo

Candidatos que não se encaixam nas políticas de cotas e tentaram uma vaga em medicina na na edição do primeiro semestre de 2019 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) precisariam somar no mínimo 768,73 pontos para serem aprovados. Os dados são de um levantamento do G1feito apenas com as notas mínimas dos 88 cursos de medicina oferecidos na modalidade de ampla concorrência e mostram que as notas de corte da carreira subiram em relação ao ano passado.

No total, esses cursos reúnem 2.287 das 4.647 vagas em medicina do Sisu 2019. As demais exigem algum tipo de ação afirmativa.

As notas de corte dos cursos de medicina variaram entre 769,73 e 901,50 pontos na ampla concorrência. A maior nota corresponde, pela segunda vez consecutiva, ao curso oferecido pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), no campus de Caicó.

A menor é da Universidade Federal do Semi-Árido (Ufersa), em Mossoró, também no Rio Grande do Norte.

De acordo com dados divulgados do sistema do Sisu, as quatro notas mais altas podem ser explicadas pelo bônus de até 20%, que é atribuído a candidatos que tenham concluído o ensino fundamental e cursado todo o ensino médio em escolas privadas ou públicas das seguintes microrregiões do estado.

As dez maiores notas de corte

Confira a lista dos 10 cursos de medicina com maiores e menores notas de corte no país. No total, são 88 unidades que oferecem essa graduação por meio do Sisu, uma a mais que o ano passado.

  1. UFRN - UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE - CAMPUS DE CAICÓ: 901,50 (com bônus de 20% pela região)
  2. UFAC - UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - CAMPUS UNIVERSITÁRIO: 857,68 (com bônus de 15% pela região)
  3. UFPE - UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO - CAMPUS DO AGRESTE CARUARU: 853,09 (com bônus de 10%)
  4. UFAM - UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS - FACULDADE DE MEDICINA: 807,99 (com bônus de 7% pela região)
  5. USP - UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE BAURU: 858,44
  6. UFPR - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - CAMPUS CENTRO - REITORIA: 828,36
  7. UFRJ - UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO - CIDADE UNIVERSITÁRIA: 822,46
  8. UFSC - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA- CAMPUS UNIVERSITÁRIO REITOR JOÃO DAVID FERREIRA LIMA: 820,67
  9. UNB - UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA - CAMPUS UNIVERSITÁRIO DARCY RIBEIRO: 819,54
  10. UFMS - UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL - CÂMPUS DE TRÊS LAGOAS: 817,4

As dez menores notas de corte

  1. UFERSA - UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO -UNIDADE SEDE: 769,73
  2. UNEMAT - UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO - CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE CÁCERES: 777,76
  3. UFPI - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ - CAMPUS DE PARNAÍBA: 779,25
  4. UFRR - UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA - CAMPUS PARICARANA: 779,33
  5. UESPI - UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ - CAMPUS - TERESINA - PIRAJÁ: 780,86
  6. UFBA - UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - CAMPUS VITORIA DA CONQUISTA: 781,25
  7. UFMA - UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO - CAMPUS DE PINHEIRO: 782,28
  8. UFRN - UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE - CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE: 782,34
  9. UNIFAP - UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ - CAMPUS MARCO ZERO - UNIFAP: 782,66
  10. ESCS - ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE - BRASÍLIA-ASA NORTE: 782,73

Calendário do Sisu 1º semestre

As datas da divulgação do resultado e os prazos para matrículas e listas de espera foram mantidos pelo MEC mesmo após a prorrogação do prazo de inscrição. Veja o calendário:

  • 1ª chamada: 28/1
  • Matrículas da 1ª chamada: 30/1 a 4/2
  • Inscrição na lista de espera: 28/1 a 4/2
  • Convocações de outras chamadas: a partir de 7/2

Para este semestre, foram oferecidas 235.561 vagas em 129 instituições públicas de todo o Brasil. Segundo o Ministério da Educação, o sistema recebeu 1.823.871 inscritos e 3.492.751 inscrições, considerando que cada candidato pode se inscrever em até duas opções de curso.

O total equivale a 51% dos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018.

*Colaboraram Leandro Oliveira, Rodrigo Esteves e Rodrigo Viana



Fonte: G1

 

(16) 3623-6199

Av. Senador César Vergueiro, 590 - Jardim Irajá - Ribeirão Preto/SP