Crônicas do Puntel

Recorte temático, o que é isso?


Daqui a exatos 35 dias, haverá o primeiro dia de provas do ENEM, o segundo mais concorrido do mundo, só ficando atrás do exame da China

Luiz Puntel | ACidadeON/Ribeirao

Daqui a exatos 35 dias, haverá o primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio, o ENEM, o segundo mais concorrido do mundo, só ficando atrás do exame da China. E é o dia de redigir uma dissertação argumentativa sobre um tema oferecido pela banca. 

Já comentei aqui alguns detalhes que os candidatos não podem deixar de lado, ou seja, que são importantes para a execução do texto dissertativo. Hoje quero ratificar o que o ENEM chama de "recorte temático". Geralmente, os candidatos que leem a proposta de redação não se atentam para esse detalhe. Mas, que raios é o tal de "recorte temático"?  

Está na Cartilha do Participante, publicada pelo INEP, o responsável pela prova do ENEM. Leiamos juntos, leitores: "O tema constitui o núcleo das ideias sobre as quais a tese se organiza e é caracterizado por ser a delimitação de um assunto mais abrangente. Por isso, é preciso atender ao recorte temático definido para evitar tangenciá-lo ou, ainda pior, desenvolver um tema distinto do determinado pela proposta". 
 
Para ficar mais claro, vamos a uma hipótese. Não será pedido, por exemplo, que os candidatos escrevam sobre a velhice, mas a "delimitação" desse assunto, que é abrangente. Então, poderá ser pedido o seguinte: "DESAFIOS PARA A PREPARAÇÃO DA VELHICE". Em outras palavras, que desafios a sociedade brasileira tem que enfrentar para se preparar para a velhice? Sim, pois, segundo o IBGE, em 2060, daqui a 40 anos, haverá um quarto da população brasileira acima dos 60 anos. Perceberam o que é o recorte temático? Velhice pode ser o tema, mas "preparação para a velhice" é o "recorte temático".  

Para terminar, sempre sugiro que os candidatos transformem o recorte temático em uma pergunta, já que os candidatos têm que dar solução ao problema dado. No caso, transforme "desafios para a preparação da velhice", em "Como enfrentar os desafios para a preparação da velhice"?  

Assim, fica fácil elencar o detalhamento das ações interventivas que determinado agente social deve executar, qual o meio que ele usará e o seu possível efeito. É o que chamamos de A.A.M.E, ou seja, Agente, Ação, Meio e Efeito.  

------------------------------------
Puntel, sugerindo que os candidatos leiam e releiam a Cartilha do Participante do ENEM 2018. Quem souber se saiu a edição deste ano mande um zapezape, talkei?

fonte: ACidadeOn

Faça download da crônica.

 

(16) 3623-6199

Av. Senador César Vergueiro, 590 - Jardim Irajá - Ribeirão Preto/SP